Meus trabalhos, textos legais e dicas culturais.

Texto de uma grande amiga.

Eu quero a última gota de álcool

Que precede o momento do choque das nossas almas.

Ver teu corpo esculpido diante dos olhos,

Saboreando o amargo do que me tira a lucidez.

Depois, cair em teus braços e traços,

Como se fossem as notas

Da mais perfeita melodia dos atritos.

Correr o perigo de te ter e depois querer bem mais.

Risco de morrer, por não ter mais paz

Após sentir o calor do teu gozo.

Essa essa embriaguês que me faz provar cada pedaço teu,

Transforma-se em marca eterna.

Mas, quando a gota se encerra

Por entre as veias que gritam teu nome,

Fica em mim a sede de querer novamente provar

Teu ser diante do meu,

Marcando ainda mais o corpo que só quer ser teu,

Implorando que o breve instante dure

O mesmo tempo que durará minha vida,

Que é também tua.

Carol Barbosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s